Pular para o conteúdo

Cerca de 2,5 mil alunos da rede municipal de ensino de Carambeí receberão da prefeitura material escolar necessário para frequentar a escola durante o ano. A entrega dos kits será realizada no início do ano letivo.

A secretária municipal de Educação, Ana Wieslava, destaca que o material distribuído pela Prefeitura, além de ajudar no desenvolvimento do aluno, beneficia também as famílias, que economizam com o material escolar dos filhos, como: cadernos, mochila, lápis de cor, giz de cera, canetas, colas, tesoura, tinta guache, régua, além dos uniformes já entregues e que serão renovados neste ano.

O município de Carambeí, por meio da secretaria municipal de Educação, prioriza a igualdade de oportunidades para os alunos carambeienses. “É a administração pública atenta à realidade social, realizando a gestão das demandas dos nossos alunos, através das políticas públicas focadas em educação de excelência”, frisa a secretária, numa referencia aos programas desenvolvidos pelo município que ofertam também aulas de natação, karatê e bailado para os alunos da rede municipal.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou 613 mortes no Paraná em 2017. O número é 5,98% menor do que o verificado em 2016, quando 652 pessoas perderam a vida em rodovias federais no estado.

O total de pessoas feridas também caiu, de 9.783 para 9.461 --uma redução de 3,3%.
As equipes da PRF atenderam 10.643 acidentes no ano passado. Foram 3,4% menos ocorrências do que o total de 11.021 acidentes atendidos em 2016.

Pelo terceiro ano consecutivo, a mortalidade em rodovias federais se manteve abaixo do patamar de 700 óbitos. Em todos os cinco anos anteriores a este período, de 2010 a 2014, os resultados sempre foram superiores a essa marca, com um pico de 855 mortes em 2012.

Desde 2010, o ano menos violento foi o de 2015, quando 583 mortes foram registradas.
As 613 mortes atestadas pela PRF no ano passado significam uma morte a cada período de 14 horas, aproximadamente.

O total de perdas humanas supera o de quatro aviões lotados, considerando modelos usados em voos comerciais como o Airbus A319 (capacidade para 132 passageiros) ou o Boeing 737-700 (138 passageiros).

Balanço das rodovias federais em 2017 no Paraná:

- 613 mortos (5,98% a menos do que em 2016);

- 9.461 feridos (3,3% a menos);

- 10.643 acidentes atendidos (3,4% a menos);

- 3.958 motoristas flagrados sob efeito de bebidas alcoólicas;

- 24,7 mil autuações de manobras proibidas de ultrapassagem;

- 273.623 veículos acima da velocidade máxima permitida.